De onde vem o trauma? Conheça as possíveis causas

De onde vem o trauma? Conheça as possíveis causas

Não basta saber apenas o que é trauma, é necessário entender de onde ele se origina e como pode estar impactando a sua vida agora mesmo. 

E não adianta dizer “eu não tenho traumas”. Todo mundo tem. E identificá-los ajuda você a superar o que está dificultando experiências e o alcance de metas, retomando o controle das suas reais vontades e te colocando de volta no trilho dos seus objetivos. 

Pensando nisso, preparamos esse texto especial para te ajudar a entender como identificar a presença de um trauma e como ele pode estar contribuindo para que a sua vida não siga o rumo que gostaria. 

Desejamos uma excelente leitura e que os esclarecimentos aqui presentes sejam o primeiro passo para uma mudança significativa na sua vida!

O que é trauma: saiba como surge esse transtorno

Para entender se há realmente um trauma envolvido, é preciso descobrir primeiro como ele surge. Já podemos identificar, de cara, como aquele passado mal resolvido. Estamos falando de qualquer situação, repentina ou repetida, que por mais inofensiva que tenha sido, pode ter deixado gatilhos que, quando acionados, não levam aos melhores comportamentos.

O trauma acontece quando uma pessoa guarda em sua memória situações dolorosas e que ao menor sinal de uma ocasião semelhante, fazem com que a sensação de desagrado, dor e amargura volte à tona. 

O trauma pode ter várias motivações e pode ser de vários tipos. Existe o trauma de situções repentinas como assaltos, família que perdeu tudo, maus tratos familiares, perda de entes queridos, etc. E existem outros que podem ter acontecido por um período ou mais de uma vez, como relacionamentos abusivos, abusos morais e sexuais, bullying, etc. 

Aqui no blog já abordamos diversos traumas, como você pode conferir, e quem sabe, se identificar, nos links abaixo:

O efeitos do trauma

Também já abordamos aqui em nosso blog como o trauma pode ficar enraizado na vida de uma pessoa, fazendo com que ela viva no medo, ficando refém de sentimentos como, pânico ou fobia. Nesses casos, seu comportamento social pode se agravar e virar  transtornos, como síndrome do pânico, depressão e ansiedade. Por isso é tão importante estar atento aos sintomas (comportamentos) para identificar sentimentos e pensamentos que podem estar sendo a causa

Outra situação mais comum são as expectativas que criamos todos os dias, esperando que determinadas situações aconteçam da forma como imaginamos. Como geralmente elas não acabam acontecendo como queremos, a frustração acaba invadindo nosso dia a dia gerando bloqueios e desistências de se alcançar o que quer. Frustrações que aconteceram, principalmente na infância, podem deixar traumas também, se ancorando em sentimentos como impotência, inferioridade e incompetência. 

No entanto, o caminho que você precisa percorrer até identificar se o erro está em você ou no outro, pode gerar angústia e sofrimento. Por isso, é necessário reconhecer todas essas situações do passado para ver como ressignificá-las.

Dependência emocional X trauma 

A dependência emocional nasce do trauma. A pessoa que apresenta dependência emocional, geralmente possui emoções abaladas, sem confiança em si própria e na própria tomada de decisões. 

Muitas vezes, essas pessoas nem sequer sabem que são dependentes emocionalmente de alguém e acabam sofrendo sem identificar onde está a raiz do problema. 

Uma das situações que acontecem com pessoas que sofrem com a dependência emocional são os relacionamentos abusivos. Esses relacionamentos, muitas vezes, são atraídos por pessoas que possuem esse tipo de dependência e que geram sofrimento para quem está neles. 

Se você deseja saber mais sobre o que temos a dizer em relação aos relacionamentos abusivos, indicamos a leitura do post relacionamentos abusivos: saiba a dependência emocional que eles geram. 

Superar a dependência emocional é vencer o passado para construir um futuro. Não acontece de um dia para o outro, mas com experiências de alto impacto emocional, isto é, técnicas de controle das emoções, você passa a identificar esses traumas e coloca-os em seu devido lugar: no passado. 

Mais sobre como entender os traumas

Nem sempre é simples conhecer de onde vem um trauma, por isso é muito comum encontrar pessoas que não sabem identificar de onde se origina. 

Para isso, é muito importante contar com a ajuda de profissionais que sabem como te ajudar a lidar com essa pesquisa interior, pois esse é o primeiro passo para a superação: compreender o que se passa dentro de seus pensamentos.

Para continuarmos falando sobre esse assunto e sobre como a EBPNL pode te ajudar nesse tema, indicamos a leitura do material “Tipos de traumas: como a EBPNL aborda as questões do passado que te aprisionam”.

Boa leitura!

Considerações finais

Entender as raízes do trauma é o primeiro passo para conseguir seguir a sua vida sem que seu comportamento esteja correndo riscos constantes. 

O processo leva tempo e demanda paciência, porém é verdadeiramente gratificante quando sua inteligência emocional está finalmente saudável e bem treinada. 

Por isso, se você deseja mudar a sua vida de forma significativa, não deixe de acompanhar os nossos conteúdos e entender como você pode dar o primeiro passo para uma vida extraordinária.

Nós da EBPNL somos uma equipe de pessoas dispostas a te ajudar a despertar o seu potencial para a sua evolução pessoal e profissional de forma definitiva.

Autor: Michael Ribeiro
Publicado há 4 meses

mail_outline
A gente notifica você sempre que tivermos novidades. Deixe seu nome e e-mail.

As pessoas também estão lendo...